REDE MUNICIPAL RETORNA COM 100% DE AULAS PRESENCIAIS

REDE MUNICIPAL RETORNA COM 100% DE AULAS PRESENCIAIS

As aulas presenciais e obrigatórias para 24 mil alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental das escolas municipais retornaram no dia 20 de setembro, com 50% dos alunos, e em novembro, com 100% dos estudantes dentro das salas. Já a educação infantil seguiu com revezamento até o final do ano.

Em 2022, o ano letivo começará no dia 3 de fevereiro em todos os segmentos – educação infantil, ensino fundamental, EJA e educação especial -, com 100% dos estudantes e presença obrigatória, cumprindo todos os protocolos sanitários que dispõem sobre prevenção à Covid-19.

“Nosso foco é o aluno. Tudo que envolve sua aprendizagem e recuperação destes últimos anos será feito. É muito importante que nessa retomada 100% presencial, os pais e responsáveis nos ajudem para que todos os protocolos sanitários continuem sendo cumpridos e, assim, mantermos os índices pandêmicos sob controle”, disse o secretário da Educação, Felipe Elias Miguel.

Preparação
A Secretaria da Educação trabalhou desde 2020 para que o retorno dos estudantes acontecesse da forma mais segura possível. Todos os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) foram adquiridos e as adequações sanitárias sugeridas pela equipe de médicos infectologistas foram executadas nas escolas.
 
Ações 2022
Ampliação da carga horária, com a implantação da 6ª aula para o ensino fundamental; Recuperação paralela, no contraturno escolar, com ênfase em Língua Portuguesa e Matemática; Reestruturação da Língua Inglesa, com a implantação de três aulas semanais para os anos iniciais do ensino fundamental e a ampliação para cinco aulas semanais para os anos finais do fundamental, além de um novo material didático; Programa Municipal de Alfabetização e Letramento; Climatização de todas as mais de mil salas de aulas com ar condicionado, proporcionando ambientes propícios à aprendizagem; Novos computadores e Kits multimídia para todas as escolas; Reverdejamento de 40 escolas, uma ação inédita, com o investimento de R$ 2 milhões para verdejar as unidades escolares.
 

Nando Medeiros

Nando Medeiros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.